Trabalhe Conosco


Aviso Legal
Política de Privacidade
Mapa do site
Últimas Atualizações
Indústrias Romi S.A.
Avenida Pérola Byington, 56
Santa Bárbara d'Oeste -SP - Brasil
CEP 13453-900
Copyright © 2005-2012
Todos os direitos reservados

Cooperação nos investimentos em inovação e tecnologia da Companhia, com a aquisição de equipamentos e desenvolvimento de novos processos de usinagem, através do sistema de manufatura flexível instalado no parque industrial





Português brasileiro
English
Español

Notícias


Entre as 500 Melhores Empresas, da Revista Dinheiro, Romi é destaque em inovação e qualidade

01/09/2008  

 

Categoria: Inicio, A Empresa, Máquinas-Ferramenta, Injetoras de Plástico, Fundidos, Investidores

<b>A companhia também está entre as primeiras do setor de Siderurgia e Metalurgia nas categorias recursos humanos e governança corporativa</b>



 


A Indústrias Romi, líder brasileira do setor de máquinas-ferramenta e máquinas para processamento de plástico, é destaque no setor de Siderurgia e Metalurgia da edição 2008 de “As 500 Melhores Empresas do Brasil”, da revista Dinheiro.


A empresa aparece em segundo lugar no ranking de Inovação e Qualidade, com 89 pontos, apenas um a menos que a líder Alcoa. Ainda está em terceiro lugar no ranking das melhores empresas do setor em recursos humanos e em quinta colocação entre as companhias com a melhor governança corporativa.


O ranking da revista é elaborado a partir das respostas a questionários enviados a empresas de todo o País. Divididas em 27 setores econômicos, as companhias foram classificadas a partir de cinco critérios de gestão: sustentabilidade financeira, recursos humanos, capacidade de inovar, compromisso social e com o meio ambiente e governança corporativa. Os dados são compilados, cruzados e analisados pela consultoria Trevisan.


Integrante do Novo Mercado da Bolsa de Valores de São Paulo (Bovespa), a Romi é a maior indústria brasileira de máquinas-ferramenta (tornos e centros de usinagem) e máquinas para processamento de plásticos (injetoras e sopradoras). Em julho passado, adquiriu ativos da fabricante italiana de injetoras Sandretto, entrando para a seleta lista de companhias brasileiras com operação industrial fora do País.


 


 
<- Voltar para: Notícias